26 de set de 2013


Relatos de viagem IV
Fortaleza à Natal
09/09 segunda feira
Saímos do hotel logo cedo, mas fizemos uma grande parada em Messejana, grande Fortaleza, para reparos no ônibus, mais uma vez o retentor de óleo do câmbio quebrou, e  foi a manhã inteira para troca de peças e reparos, aproveitamos para  fazer alguns serviços de auto elétrico e solda. Pegamos a BR -116 por volta das 14hs, estrada muito movimentada, mas com condições razoáveis. Ao anoitecer paramos em Mossoró, segunda maior cidade do Rio Grande do Norte, o nosso ônibus teatro ficou estacionado no Hotel onde causou grande curiosidade dos hóspedes e moradores locais. Me chamou  atenção como aumentou o número de pequenos túmulos enfeitados com flores na beira da estrada, muitos mesmo, de todos os jeitos e tamanhos, sinal de uma morte no local, entristecedor no meio da paisagem.
10/09 terça feira
Logo cedo na estrada com destino a Natal, com direito a uma parada para descanso em São Miguel do Gostoso, que dizem, tem praias maravilhosas, cenários exuberantes,  no nosso dia de folga vamos tentar conhecer um pouquinho da gostosura!!!
Até Caiçara do Rio dos Ventos a estrada foi tranquila, mas depois, muito buraco, terra, quase crateras onde o asfalto praticamente desaparecia,  foi assim pelo menos uns 20km, na verdade até chegar na BR-101, que dá acesso a São Miguel.
Hoje reparei que em alguns dos pequenos túmulos da estrada (deve ter um nome pra isso) colocam pedras...2,3,5, várias ...deve ter algum significado, talvez a quantidade de tempo do acidente. Fica muito claro como as estradas são inseguras e perigosas também para quem caminha por ela, na maioria das cidades a rodovia passa por dentro, acredito que a cidade se formou a partir dela, poucos acostamentos e quase nenhuma fiscalização.

11/09 quarta feira
Que delícia São Miguel do Gostoso, povo acolhedor, praias magníficas de água cristalina, muitas dunas e vento, muito vento!!!nunca tinha visto algo parecido, dizem que o vento é porque São Miguel fica na esquina do Brasil, onde o vento faz a curva...
Transporte ideal: Bug, pois alugamos um para temtas conhecer um pouco dessa gostosura!
Fomos à praia do Marco, onde aportaram os descobridores do Brasil, paramos na linda praia de Tourinhos, passamos por pequenos povoados cercados de dunas, onde a energia aeólica está sendo implantada em grande quantidade, é inusitada a  imagem das pequenas casinhas quase afundadas na areia, e ao fundo aqueles enormes postes que como um catavento gigante e futurista se misturam na paisagem.
Ao anoitecer visitamos o Farol, local onde começa a BR-101, estrada que liga Rio Grande do Norte ao Rio Grande do Sul, são quase 5.000 Km de extensão, e nós, a partir de agora viajaremos por ela, por algum tempo.

12/09  quinta feira
Saímos de São Miguel do Gostoso por volta de 10h com destino a Natal, na saída da cidade paramos na “Arca do Tubarão” uma pousada/bar/restaurante/centro cultural,  espaço acolhedor,   onde discos, rádios, cachaças, relíquias e memórias dão um valor especial ao lugar.
Chegamos em Natal por volta de 14h, fomos direto ao Parque das Dunas, local das apresentações e também do estacionamento do ônibus. Na chegada uma falha no motor de partida e rapidamente foi acionado um serviço de auto elétrico que quando chegou já não era mais necessário, pois o ônibus ligou, mas confesso que pra mim restou uma certa preocupação se realmente estava tudo certo. Quando estacionamos mais uma desagradável surpresa:o lona que cobre o palco de cima do ônibus estava totalmente rasgada, na verdade saímos de SP com a lona remendada, em Fortaleza raspamos a lona no portão de entrada do parque juntando com  o vento que é muito forte na região fez com que o conserto não durasse, ainda bem que temos um dia para para correr atrás de uma solução.
13/09  sexta feira
Dia de produção em Natal: levar figurinos para lavanderia, ir ao banco, pagar contas, comprar parafusos e procurar uma solução para resolver o problema  da lona. Optamos por comprar uma lona de nylon,  pois uma nova e emborrachada tem que ser feita sob medida para o nosso ônibus, as de pronta entrega tem medidas muito diferentes, vamos torcer para  essa durar pelo menos até chegar em São Paulo. 
eliana Bolanho



Nenhum comentário:

Postar um comentário